Licença do blog

Licença Creative Commons
Este blog de Cláudio Alfonso, foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada. Não é obrigatório mas agradeço se publicar algo daqui e citar a fonte.

quinta-feira, julho 12

Candidato a prefeitura de Belém ameça estado laico


Belém e o estado do Pará estão se notabilizando pelos absurdos religiosos, me pergunto até quando? Vejam a última que saiu no site do Paulo Lopes:



Candidato ameaça Estado laico ao prometer criar creches em templos

Uma promessa de José Priante (foto), candidato a prefeito pelo PMDB à prefeitura de Belém (Pará) ameaça o Estado laico: a criação de creches com o dinheiro público em templos evangélicos e igrejas católicas. 

A Constituição impede que qualquer instância de governo se envolva com atividades religiosas, mesmo quando não há dispêndio de recursos. 

Priante está prometendo o que não pode cumprir. Caso ele seja eleito, o Ministério Público o impedirá de pisotear a Constituição. 

Mesmo se fosse constitucional, a promessa de Priante é um atentado contra o bom senso, porque as creches não contemplariam os fiéis de outras religiões ou aqueles que não têm nenhuma crença. 

O candidato alegou que a sua proposta visa aproveitar a infraestrutura das igrejas. Mas uma das obrigações de prefeito é providenciar justamente essa infraestrutura. 

Ou seja, Priante é um espertalhão: ele faz uma promessa para angariar votos dos frequentadores de igreja ao mesmo tempo em que, desde já, empurra para eles uma responsabilidade que seria sua, no caso de ser  eleito. 

Já era de se esperar algo parecido do candidato, tendo em conta que, como deputado federal, ele é réu no Supremo Tribunal Federal (processo 596 ), em ação por crimes eleitorais, e no Tribunal Superior Eleitoral (processo 3163464.2007.600.0000) por captação ilícita de sufrágio. Ambas as ações foram movidas pelo Ministério Público.

Priante apresentou a sua promessa indecente durante a convenção municipal do PSC, que homologou o pastor Kadmiel Pacífico, filiado a esse partido, como o seu vice na candidatura. 

O espertalhão, pelo jeito, está tentando substituir os eleitores pelos fiéis de igreja, o que não faz bem para democracia.

Fonte: Paulo Lop
Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2012/07/promessa-de-jose-priante-ameaca-estado-laico.html