Licença do blog

Licença Creative Commons
Este blog de Cláudio Alfonso, foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada. Não é obrigatório mas agradeço se publicar algo daqui e citar a fonte.

sexta-feira, julho 6

Marinha dos USA usará Linux para controlar helicópteros não tripulados




São Paulo - A marinha dos Estados Unidos decidiu trocar o sistema operacional que controla seus aviões e helicópteros não tripulados com o objetivo de evitar ataques de software maliciosos que poderiam acessar os sistemas destes drones, obter dados sigilosos ou até mesmo mudar funções destas máquinas.

O primeiro helicóptero autônomo a usar Linux é o Northrop Grumman MQ-8 Fire Scout. Este modelo consegue decolar e pousar na posição vertical de forma totalmente autônoma. Além disso, ele funciona durante seis horas com apenas uma recarga do tanque de gás, consegue carregar cerca de 270 quilos de carga, ultrapassar a velocidade de 150 quilômetros por hora e atingir a altura de seis quilômetros, de acordo com as especificações divulgadas no site da fabricante.

O MQ-8 Fire Scout pode ser usado, por exemplo, para pousar em grandes aviões de guerra e terrenos impróprios para seres humanos, como na proximidade de um vulcão ou numa região contaminada por radioatividade, por exemplo. Buscas por traficantes de drogas em regiões da América Latina serviram de testes de precisão da aeronave, embora o governo americano não tenha divulgado exatamente que missões essas máquinas cumpriram no combate ao tráfico.

O custo de transição do antigo sistema operacional para o Linux será de aproximadamente 28 milhões de dólares, segundo o contrato da marinha divulgado no site colaborativo Defense Professionals. Além disso, o site inglês especializado em tecnologia The Register afirma que a marinha americana planeja comprar 168 helicópteros autônomos do mesmo modelo da fabricante privada que a desenvolveu.

O exército americano disse ao The Register que é necessário aprender com os erros de outros sistemas operacionais, como o Windows, e que há uma forte tendência em equipar com Linux também outros modelos de aviões não tripulados.

A alteração de sistema operacional pode estar relacionada também às ameaças de outros governos. Recentemente, a emissora de TV estatal iraniana PressTV divulgou que militares do país conseguiram burlar e controlar um drone americano modelo RQ-170 Sentinel, que foi capturado em dezembro de 2011.

O general Amir Ali Hadjizadeh, comandante das forças aéreas e espaciais dos Guardiões da Revolução Islâmica (divisão das forças armadas do Irã), afirma que o conhecimento adquirido pelos militares após o estudo da tecnologia deste drone permitiria até mesmo replicar o modelo da aeronave.

Ainda de acordo com os militares iranianos, este avião não tripulado seria o mesmo que espionou o terrorista Osama Bin Laden duas semanas antes de ele morrer.

Após as declarações, o senador americano Joe Lieberman, responsável pelo comitê de segurança nacional, disse durante uma entrevista ao canal televisivo Fox News que o Irã está na defensiva e que as citações sobre o abatimento do drone é uma provocação.